Maria de Fátima Diniz

A bela e eterna Miss Amapá que foi assassinada pelo marido, chocando o Amapá e o Brasil. Foi no dia 22 de fevereiro de 1985, um sábado pós-carnaval, véspera do dia da viagem de Fátima, que retornava aos estudos universitários em Belém, tendo sido assassinada no dia seguinte, pelo seu ex-marido, nas primeiras horas da manhã de domingo.


A família, sempre saudosa com a partida precoce de Fátima, realizou missa, ontem, na Catedral de São José, pela passagem dos 30 anos sem ela. Fátima era filha do casal de empresários, Francisco e Dalva Diniz (Casa Milena).
Saudades eternas dessa amiga querida, linda, doce, inteligente, decente.