Maria de Lourdes Guedes de Azevedo

AZEVEDO, Maria de Lourdes Guedes de (1934- 2005)


Mais conhecida por Alice Gorda, Alice nasceu em Belém (PA) em 8 de março de 1934. Estudou em Belém o primário no Grupo Escolar Ruy Barbosa, e o ginásio no Colégio Moderno. Apaixona-se pelo carnaval desde cedo. Com 9 anos de idade já freqüentava bailes infantis, que naquela época eram chamados “Assutados”, sempre acompanhada de sua mãe, que a fantasiava de “colombina”, “pierrot”, “arlequim”, “cigana rica” ou “mulata cheirosa”. Em 1950, com 16 anos de idade, reunindo amigos forma blocos de sujo, se apresentando sempre na Praça da República, participando de composições carnavalescas. Toma gosto pela quadra junina e seus grupos folclóricos, passando a ser integrante do “Cordão Rouxinol”, grupo de grande tradição na capital paraense. Em 19 de março de 1959, exatamente no dia do padroeiro da cidade de Macapá (S. José), vem conhecer a cidade, a serviço, trazida pelo proprietário do Hotel Coelho, de Belém, Orlando Ventura, que ganhara a concorrência do arrendamento do Macapá Hotel. Começa a pesquisar os costumes da cidade, e como desportista escolhe as cores do Trem Desportivo Clube, para torcer.

Em 1960, Alice organiza a primeira Batalha de Confetes, em frente ao Macapá Hotel, patrocinada por Ventura, passando, a partir daí, a conhecer pessoas que se envolviam na época com o carnaval amapaense. Em 1961 ingressa na escola de samba Boêmios do Laguinho, onde permaneceu 27 carnavais. Em 1963, juntamente com o artista plástico R. Peixe, funda a Embaixada de Samba Cidade de Macapá. Em 1966 passa a dirigir o Pensionato São José, atendendo ao convite do bispo d. Aristides Pirovano. Conhece o Juventus Esporte Clube, dirigido pelo chefe Humberto.Nesse mesmo ano organiza pela primeira vez a “Banda”, com os carnavalescos Amujacy Alencar, Darciman, Abdallah Houat, Coaracy Barbosa e os irmãos Sussuarana. Este bloco constitui-se em uma das maiores tradições do carnaval amapaense.

Em 1973 cria em Santana a Escola de Samba Unidos do Amapá, na vila portuária. Em 1987 ingressa na Associação Recreativa Piratas da Batucada. É Rainha Moma do carnaval amapaense desde 1991.